Análise espacial e temporal dos focos de calor e desmatamento na Flona Saracá-Taquera, Oriximiná-PA

Resumo

A Amazônia, historicamente, passou por diversos processos de exploração. Por isso, não pode ser destinado a um único fator o seu processo de modificação do ambiente. Na região da Floresta Nacional (FLONA) de Saracá-Taquera há desmatamento em virtude das atividades da mineração em larga escala, no caso específico da mineração de bauxita a céu aberto em Porto Trombetas, e por esse motivo o objetivo principal deste trabalho é analisar a ocorrência de possíveis impactos ambientais através de focos de calor e desmatamentos. Os focos de pixels quentes, em geral caracterizam a ocorrência de queimadas e na FLONA foram mensurados utilizando dados de nove satélites obtidos no banco de dados do INPE nos anos de 2008 até 2018. Os focos foram importados para o Software QGIS versão 2.18. Foram detectados 4088 focos de calor, correspondente a 100% dos focos identificados durantes os anos de 2008 a 2018. A média anual obtida foi de 409 focos/ano. De acordo com os resultados, os maiores números de focos na região ocorreram nos anos de 2014, 2015, 2017. Neste último ano detectou-se o maior número, 1.198 ou 29,31% dos focos. A explicação para o aumento do número de focos pode ser atribuída as condições climáticas e meteorológicas como a ocorrência do El Niño. A relação entre focos de calor e desmatamento mostrou coincidência nos locais de ocorrência de ambos. Ao final do trabalho verificou-se a relação positiva dos focos de calor em proximidade as vias, mas há indício de que o curso do rio Trombetas também influencia na densidade dos focos como uma via de acesso à floresta.

Publicado
2020-03-13
Como Citar
NORONHA FILHO, Francisco Áureo et al. Análise espacial e temporal dos focos de calor e desmatamento na Flona Saracá-Taquera, Oriximiná-PA. Jornal Aplicado em Hidro-Ambiente e Clima, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 45-57, mar. 2020. ISSN 2675-5750. Disponível em: <https://jahec.ufra.edu.br/index.php?journal=JAHEC&page=article&op=view&path%5B%5D=20>. Acesso em: 02 dez. 2021.
Seção
Artigos Científicos